Rádio JOVEM PAN

101.7. Jovem Pan Presidente Prudente

Ouvir

Fernandinho Beat Box lembra história inusitada com Champignon, do Charlie Brown Jr.

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico; veja fotos

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico
Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico
Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico
Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico
Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico
Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico
Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico
Fernandinho Beat Box e Dryca Ryzzo participam do Pânico

Fernandinho Beat Box já cantou com muitos artistas ao longo da carreira, mas o encontro com Champignon, que foi baixista do Charlie Brown Jr, marcou de um jeito inusitado. No Pânico na Rádio, ele contou que os dois se encontraram em uma ‘batalha de beat box’ no programa de Luciano Huck onde Fernandinho se saiu muito melhor que o baixista.

‘Ele meio que me desdenhou, não pegou na minha mão. Eu dei uma encarada, morrendo de vergonha. Ele fez o beat box dele e eu só observei e pensei ‘eu vou metralhar’. [Quando terminou] ele só me olhou e falou ‘p*, o seu é o melhor que já ouvi’, lembrou nesta quarta-feira (12).

Na bancada, Fernandinho ainda expressou como se sente em relação a ‘era do mimimi’, como ele mesmo define. ‘Você não pode expressar opinião que as pessoas ficam só esperando uma brecha para apontar o dedo’, falou.

Ainda assim, ele mandou mensagem para os garotos ao lembrar de sua própria história de vida e como foi desencorajado a seguir fazendo beat box. ‘Eu morei na rua, fui muito espancado, só que nunca deixei de acreditar no meu sonho e canalizei ele lá na frente. É lógico que vai ter gente falando o contrário, mas ‘esse negócio de rap’ já me levou para mais de 43 países, cantando nos maiores palcos do mundo. Você pode ir aonde você quiser’.

Tags da Pan

Comentários